fbpx

5 dicas na hora de escovar os dentes do seu filho.

5 Dicas na hora de escovar os dentes do seu filho

Muitas mamães têm dúvidas e dificuldades na hora de escovar os dentes dos seus filhotes. Confesso que tive também com o meu primeiro filho que hoje está com 7 anos. Já no meu segundo filho que está com 4 anos, ainda não tive dificuldade nenhuma. Deve ser porque tudo no segundo é mais fácil, né!

Então elaborei as 5 dicas que eu considero mais valiosas para que essa hora não seja motivo de estresse e para que seu filho, assim como os meus, comece a gostar e até pedir para você escovar os seus dentinhos.

Dica nº 1 – Faça-o perceber que a escovação dos dentes é um hábito natural.

A higiene bucal faz parte da higiene corporal do seu filho, assim como tomar banho, lavar o cabelo e cortar as unhas. Então inclua esse hábito na rotina do seu filho desde bebê, até antes dele ter dentes, utilizando uma gaze umedecida com água ou uma dedeira. E quando os primeiros dentinhos começarem a aparecer, normalmente ocorre dos 6 aos 8 meses, utilize a escova de dente e reforce ainda mais esse hábito. Os pais são espelhos e têm que dar exemplo. Devem sempre escovar os dentes no mesmo horário que os filhos. Ao acordar e após as principais refeições como o café da manhã, almoço e jantar.

Dica nº 2- Envolva seu filho na escovação

Leve ele para comprar a escova com você. Seja no mercado, na farmácia, enfim, onde você for comprar leve ele para escolher o seu novo aparato para a sua higiene oral. 

Chegando lá neste local você vai deixá-lo escolher a escova que quiser, é claro que antes você vai separar as escovas apropriadas para a sua idade, a maioria das escovas vem escrito a fase ou a idade que a criança se encontra. Tem escovas de princesa, de super-heróis, escovas bem coloridas, que brilham no escuro, elétricas, etc. São muitos os modelos para ele escolher a que mais gostar.

Dica nº 3 – Prepare um ambiente adequado para a escovação do seu filho

Coloque um banquinho com segurança no banheiro de acordo com o tamanho do seu filho para que ele possa alcançar a pia e se olhar no espelho durante a escovação. Procure colocar um banquinho firme e nunca saia de perto dele. Isso é muito importante para evitar acidentes. Você deve estar posicionada atrás dele. Se for preciso use um copinho com água para enxague da boca. Se o seu filho ainda não sabe cuspir, não tem problema pois pode ser usada a pasta de dente recomendada para a idade dele que pode ser engolida. Em breve falarei mais desse assunto.

Se for bebê faça a higiene com ele no seu colo sentado.

Dica nº4 – Deixe o seu filho escovar os seus dentes 

Dê a sua escova para ele e deixe-o escovar os seus dentes, quando ele terminar diga a ele que está na sua vez, e então escove os dentinhos dele. Você também pode combinar com ele, dele mesmo escovar os dentes primeiro e depois você terminar. Aqui em casa isso deu super certo. Nessa hora se ele ainda não deixar você escovar o dele, calma, não force nada, pois uma hora ele vai deixar, nem que se for pela insistência.

Dica nº 5 – Participe das atividades que seu filho tem prazer de brincar, por exemplo, massinha, giz de cera, pintura, guache, fantasias, livros de história, entre outros, e mostre sempre durante as brincadeiras, a importância da higiene bucal com a escova de dente e o fio dental. Escove os dentes das bonecas ou dos bonecos. Modele um dente com a massinha ou desenhe uma escova de dentes. Vista seu filho de super-herói e com uma escova de dentes diga que está na hora de atacar os bichinhos que comem os dentinhos. Leia livros ou baixe vídeos mostrando interativos nesse tema.

Isso tudo exige paciência e muita criatividade. Mas é muito importante você saber que aos 2 anos de idade são criados os costumes que vão perdurar a vida toda, então os pais não podem se deixar vencer. Com insistência a dificuldade vira motivo de festa e ele vai até pedir para escovar os dentes.

Se depois de todas as tentativas o seu filho ainda não deixar escovar os dentes, não se preocupe, procure então um profissional especializado, neste caso o Odontopediatra, para que ele possa orientá-los corretamente.

E não deixe de consultá-lo de 6 em 6 meses.

Espero que essas dicas tenham ajudado vocês mamães.

Um grande beijo.

Dra. Renata Ávila

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *